epi_energia_pg_faq-ok.jpg

 Perguntas frequentes 

Tire aqui suas dúvidas sobre energia solar. 

Se ainda ficar em dúvida, entre em contato clicando aqui.

O sistema gera energia quando a rede cai?


Não, o sistema é sincronizado com a rede, logo, quando a rede cai, o sistema desliga automaticamente.




O sistema é perigoso ou dá choque em pessoas?


Não, o sistema é protegido por equipamentos de proteção elétrica e todas as partes vivas são isoladas de pessoas não autorizadas.




Vai zerar a conta de energia?


Não, o cliente ainda pagará a tarifa básica para Classe B e demanda contratada para Classe A.




O sistema atrai raios?


Não e, caso algum raio caia, o sistema tem proteção contra cargas atmosféricas.




As placas quebram com granizo?


Não, as placas possuem vidro de proteção dimensionado para suportar as condições mais adversas da Europa. Os testes, inclusive, são realizados com bolas de baseball.




O sistema gera energia em dias chuvosos e/ou nublados?


Sim, em torno de 10 à 40% da capacidade nominal.




O sistema é expansível?


Sim, o sistema fotovoltaico é modular e pode ser facilmente aumentado.




Posso gerar energia na minha casa da praia e abater em outro lugar?


Sim, dado que as condições de Autoconsumo Remoto sejam atendidas.




Posso monitorar a geração de energia do meu sistema?


Sim, todos os inversores utilizados pela Epi Energia possuem software de monitoramento via aplicativo e site, os quais são habilitados para o cliente.




Quanto mais calor, melhor a geração de energia?


Não, o calor reduz a geração de energia, sendo que no verão a perda é em torno de 25%, porém é compensada pela radiação solar, que é maior nesse mesmo período.




Porque os inversores são saturados em potência?


A perda de energia pela saturação de potência, a qual ocorre em breves momentos durante um verão, é insignificante com relação à redução de custo do projeto caso se fizesse proporção por um.




O kWh gerado no campo rural é o mesmo caso eu queira abastecer a energia na cidade?


Sim, os créditos são em unidades de energia e não dependem da tarifa.




Clientes RGE e RGE-Sul só pagarão a taxa básica?


Não, clientes dessas concessionárias ainda pagam o ICMS sobre uma parcela da conta de energia, mesmo sendo Autoconsumo e Autoconsumo Remoto.




Quais são os tipos de energia solar para imóveis?


Atualmente existem dois tipos de energia solar: a térmica e a fotovoltaica. A energia solar térmica é o sistema de aquecimento solar, que serve para esquentar a água de chuveiros, torneiras, piscinas etc. Já a energia solar fotovoltaica é o sistema utilizado para gerar a própria energia elétrica do imóvel, tanto em locais que contam com o atendimento da concessionária da região, quanto em lugares remotos (que nesse caso, uma bateria é utilizada para o armazenamento da energia produzida).




Quantos anos dura um sistema de energia solar?


Um sistema fotovoltaico dura em média 25 anos, desde que seja bem cuidado e os equipamentos sejam de qualidade. Depois de um tempo, o sistema continua funcionando, mas com menor eficiência.




A energia solar funciona durante a noite?


Não, o sistema depende da radiação solar para produzir energia. Então, na prática, durante a noite o imóvel utiliza o excedente de energia gerada ao longo do dia.